19/05/2022

“Descrucificar” Jesus de Nazaré, para que a Cruz da Ressurreição se torne visível

O Modo – ontem e hoje: No. 24: Descrucificar a Jesus de Nazaré, para que a cruz da ressurreição torna-se visível.

Jesus de Nazaré ressuscitou. Assim creem muitas pessoas que se denominam de cristãos. Mas então por que Ele ainda está pendurado na cruz dentro das igrejas até hoje? Se Ele já ressuscitou? Por 2000 anos isto testemunha o escárnio e a zombaria de Cristo, que é apresentado pela religião da igreja como se os Seus adversários O tivessem derrotado – tudo envolto na mentira de que, comparável aos sacrifícios animais anteriores, era supostamente um sacrifício humano necessário para reconciliar o Deus religioso irado, que só desta forma poderia tornar a salvação possível para as pessoas.
Mas este não é o ensinamento de Cristo, mas o engano dos Seus adversários, os sacerdotes, os teólogos e os seus ídolos Baal, que desde há 2000 anos prestam homenagem ao “pai de baixo”, que é um assassino e mentiroso desde o início, como o próprio Jesus afirma no Evangelho de João nas Bíblias.
A crucificação foi a vontade dos adversários de Cristo, e na cruz silenciaram-No. Ao fazê-lo, porém, testemunham a sua própria derrota. Pois o Cristo de Deus não podia ser permanentemente silenciado. Desde então, Ele falou e continua a falar através das profetisas e dos profetas de Deus até ao nosso tempo presente, e Ele quer ressuscitar em todos nós, ao passo que vivemos de acordo com os Seus mandamentos.
Os mensageiros de Deus e os seguidores íntegros de Jesus foram também perseguidos, atormentados, torturados e queimados vivos no decurso da história da igreja, por instigação dos líderes da igreja inspirados pelo “pai de baixo”. Mas todos eles prepararam o caminho para o Seu regresso no Espírito. Ele próprio o prometeu, mesmo de novo no nosso tempo: “Eis que logo venho”!
Como seria agora descrucificar Jesus de Nazaré onde isto é possível no particular – na sua própria casa ou num pedaço de terra ou campo que pertence a um? Você pode deixar os pregos na madeira, em memória honrosa do que Ele tomou sobre Si por amor, porque as pessoas assim o queriam. Mas o corpus poderia ser enviado ao bispo com a mensagem: “Ele ressuscitou”.
Então Jesus, o Cristo, não trouxe um sacrifício de Baal como as igrejas ensinam. Ele nos redimiu, mas não da forma como os teólogos tentam imputar-lhe. O verdadeiro significado da redenção através de Cristo é também explicado neste programa.

(36:00)

Similar Videos